13anos. Tempo suficiente para se saber que por muita coisa má que se passe, não haverá ninguém que te entenda como eu, ou alguém que me compreenda como tu. Tempo suficiente para dizer que aprendi contigo, e que fui capaz de te ensinar grande parte do que sabes hoje. Tempo suficiente para afirmar que problema algum foi incapaz de mudar o que construimos durante anos. Apesar disto ou daquilo, apesar de nos termos afastado, apesar de agora o nosso mundo estar de pernas para o ar, vou sempre olhar para ti como olhei durante anos.

2 comentários:

Maggs disse...

ohm, muito obrigada querida.
tem tu também muita força, a vida não é fácil mas, se fosse, também não ia ter piada :b

Maggs disse...

eu já estou á um ano metida nisto, praticamente..
temos é de saber dar a volta a estes obstáculos