Dás o tudo por tudo à primeira. Corre mal. Dás o tudo por tudo, novamente. Volta a correr mal. Tentas uma terceira vez, na esperança que seja diferente, que alguma coisa mude. Passas noites em branco só para que tudo melhore, esgotas-te só para que tudo corra ao sabor da tua corrente. E pronto. Volta a correr mal, outra vez. Depois de tanto esforço, de tantas horas com os olhos postos naquilo, mas para quê? Nada, absolutamente nada! Para nada! Qual é a primeira coisa que te ocorre depois de tentares tantas vezes?! Depois de teres dado TUDO de ti?! Desistir?! Pois, foi exactamente isso que eu fiz.

10 comentários:

A extensão do pensamento. disse...

Ahw ainda bem *.*
Minha querida, desistir, seja do que for, não me parece ser a melhor opção. Deve-se ir à luta, e se as forças não padecerem no momento, elas acabarão por surgir mais tarde com a vontade de vencer. Força(:

daniela duarte disse...

há que saber dar a volta por cima e ver o lado positivo :p

Rita Guimarães disse...

Ohn, ainda bem *.*

Maggs disse...

sempree *.*

Maggs disse...

e tu tens de ter força :o

Maggs disse...

oh então?

Maggs disse...

tens de fazer um esforço :/

fiwipa disse...

às vezes desistir é tudo que nos resta fazer.
gostei e vou seguir.

Rita Guimarães disse...

Obrigada Inês (:
Tenho um enorme carinho por ele *.*

daniela duarte disse...

ohh :( estás melhor?