Eu e tu, é simples, não funcionamos. E não vai ser agora, após mil e uma tentativas que vai dar tudo como sonhamos.
Passo a explicar. Eu e tu acomodamo-nos um ao outro. Acomodamo-nos ás manhãs em tua casa. Acomodamo-nos ás horas que passávamos debaixo dos lençóis. Acomodamo-nos á nossa intimidade e acabamos por criar uma rotina, que a meu ver não era de todo saudável. E foi assim que de certo jeito fomos estragando as coisas a pouco e pouco, juntamente com uma ou outra asneira de ambos os lados.
E portanto continuo com a minha: não consigo voltar para ti, porque se não funcionou das outras vezes, porque iria dar certo agora?!
Se te amo? Não como dantes, mas sim, amo. Se vale a pena continuares a tentar? Não sei, talvez, mas não me parece que consigas mudar o que eu penso.
Tenho pena, mas cada um deita-se na cama que faz e nós erramos vezes de mais para agora conseguirmos fazer as coisas direitas.

8 comentários:

inês ☮ disse...

- de nada e obrigada (:

PauloSilva disse...

Obrigado Inês.

A junção de duas pessoas são como uma pilha: uma é o negativo da parte positiva da outra. *

Força.

beatriz pereira disse...

adorei :)

vou seguir.

PauloSilva disse...

Vai tudo ficar bem :x
Vais ver *

Maggs ☮ disse...

não tens nenhum? são tããão fofinhooos

StééF'ernandes disse...

Vá, levanta a cabeça e segue , o que tiver de acontecer acontecerá, força :)

beatriz pereira disse...

de nada inês (:

Anna Pinto . disse...

está lindo querida, estou a seguir.