Uma coisa: porque é que só quando estou quase a andar para a frente é que deixas cair destas bombas na minha vida? Sempre nos queixamos da distância, sempre limitamos a nossa relação por causa disso e quando te deixo, quando estou prestes a ir para outro caminho é que me dizes que ficaste colocado a meia hora de mim?! Hoje foi um dia para esquecer, em relação a isso pelo menos.. Sim, estou aos pulos por dentro e a querer mais que tudo ter-te perto, mas não, por enquanto não vou ceder, não posso ceder. Fizeste-me sofrer, e eu gostava de ti, amava-te talvez, portanto agora, aguenta-te, roí-te em silêncio por não teres noticias minhas.. Mas é assim: amor com amor se paga. 

7 comentários:

cristiana. disse...

gostei! "amor com amor se paga", exactamente

APF disse...

então porquê?

maria sousa disse...

adorei a imagem, (:

ana disse...

adorei este blog *-*

ana disse...

e eu vou seguir este blog *-*

ana disse...

está :))

ana disse...

oh, nada disso :$