#23 letter to the last person you kissed


Não pensava escrever-te novamente, pus em hipótese algumas vezes se o faria realmente. Decidi-me, nem sei bem porque razão, mas optei fazê-lo.
Cada um seguiu o seu caminho, foi melhor assim e sei que tens consciência disso. Hoje estamos mais calmos, menos irritados um com o outro. Sei que já te perdoei, e deixaste de ser o meu ex, és meu amigo mesmo depois das divergências e dos altos e baixos que tivemos ao longo de toda a nossa relação. Sei que já me perdoaste, mas sei que ainda guardas alguma raiva aí dentro, porque tu és mesmo assim; nunca soubeste separar a cabeça do coração, não sabes ver o que está errado sem meter os sentimentos ao barulho. Mas acredito que vais crescer, acredito que vais mudar e que vais ser um Homem, tal como eu desejava que fosses quando tivemos a nossa vida. Sabes que te desejo tudo de bom, sabes que quero o melhor para ti. E podes achar que sou estúpida, podes achar mil e uma coisas más sobre mim, mas não sei agir como tu; não sei guardar raiva dos outros.
Incha, desincha, e passa. E foi exactamente assim. Existiram uns tempos em que não podia ouvir o teu nome, tinha nojo, tinha raiva de ti. De tudo o que me tinhas feito. Mas agora apercebi-me que se não tivesses errado tanto, que se não me tivesses magoado tanto, eu não seria a mulher forte que sou hoje. Portanto agradeço-te por todos os meses, por todas as quedas, por todas as vezes que falhamos. Agradeço-te por o nosso amor ter sido tão forte, por me teres feito aguentar-te sem nunca desistir, por me teres feito amar-te tanto. Agradeço-te por teres lutado por mim da maneira mais estranha, por não teres desistido enquanto vias amor entre nós. Agradeço-te e faço-o com o coração, faço-o porque me fizeste crescer como eu nunca imaginei. Obrigada, e espero que sejas feliz.

15 comentários:

PauloSilva disse...

não ando não!

«Existiram uns tempos em que não podia ouvir o teu nome, tinha nojo, tinha raiva de ti. De tudo o que me tinhas feito. Mas agora apercebi-me que se não tivesses errado tanto, que se não me tivesses magoado tanto, eu não seria a mulher forte que sou hoje.» - bonita conclusão! :)

PauloSilva disse...

para mim é catastrófico! :x

claudia m, disse...

também tenho a mesma opinião!
foi por isso que o quis partilhar, é uma liçao ,

inês disse...

ai és tão louuuuuuca e gosto muito disso :))

claudia m, disse...

ainda bem que gostas-te (:

PauloSilva disse...

para mim já é difícil viver com ele ;x

hayley bellamy disse...

gosto

Catarina disse...

GOSTEI da carta ^^

Mafalda disse...

Gosto muito

joanaf disse...

amo a musica!
está lindo o texto *

Stéfanie* disse...

o mais valioso é ele ter-te feito tao mulher e continuarem amigos pelo menos .

SofiaSilva. disse...

princesa, já não aguento mais :c

hayley bellamy disse...

então pq?

hayley bellamy disse...

eish pois. somos duas!

SofiaSilva. disse...

é tão dificil!